a
Philipe Cardoso Sociedade Individual de Advocacia
CNPJ. 24.723.912/0001-50

Facebook

Twitter

Cardoso & Advogados Associados 2020
Todos os direitos reservados.

9:00 - 18:00

Funcionamento Seg. - Sex.

(21) 3189-6625

(21) 9.8189-6625

WhatsApp

LinkedIn

Facebook

Instagram

Search
Menu
 

BB tem apetite por maior de crescimento da carteira, afirma André Brandão

Cardoso & Advogados Associados > Blog Cadv  > Artigos Jurídicos  > Legislação  > BB tem apetite por maior de crescimento da carteira, afirma André Brandão

BB tem apetite por maior de crescimento da carteira, afirma André Brandão



Presidente foi questionado por analistas durante teleconferência de resultados do banco O presidente do Banco do Brasil, André Brandão, voltou a ressaltar que, passada a pandemia, o banco buscará ampliar sua carteira de crédito. Questionado por analistas durante a teleconferência de resultados do terceiro trimestre, ele admitiu que neste ano o BB cresceu menos que seus concorrentes privados na oferta de crédito, mas disse que, “olhando pra frente, temos apetite maior de crescimento da carteira do que tivemos antes”.
Como havia dito na quinta-feira, em entrevista coletiva, ele afirmou que o BB tem capital a apetite para entrar em linhas de maior retorno e inclusive estuda oferecer produtos e serviços para não correntistas, como crédito consignado, por exemplo. Sobre o crédito imobiliário, ele afirmou que essa é uma linha que o banco não tem uma vantagem competitiva, mas que estuda ampliar a atuação via consórcios.
O BB terminou o terceiro trimestre com um capital principal de 13,1%, muito acima da meta de 11% para 2022. Brandão disse que oportunidades de crescimento orgânico e inorgânico são sempre observadas, mas que, no momento, não há nenhuma decisão de rever essa meta. Já o vice-presidente de gestão financeira, Carlos Hamilton Araújo, disse que uma decisão sobre eventual aumento dividendos em 2021 será tomada pelo conselho de administração em janeiro.
Andre Brandão, presidente do Banco do Brasil
Claudio Belli/Valor
Brandão também foi perguntando sobre a venda de ativos, incluindo estudos que o BB havia anunciado sobre possíveis mudanças nas parcerias na área de cartões – que envolvem a Cielo. O novo presidente não respondeu diretamente, mas afirmou que o problema na área de cartões nunca foi capital e que a Cielo faz parte de um área core para o banco, que é o segmento de pagamentos.
“O que temos de discutir com nosso parceiro [o Bradesco controla a Cielo junto com o BB] é como melhorar experiência do cliente”, disse. Sobre outras entidades do grupo não consideradas “core”, afirmou que é preciso avaliar a eficiência delas, mas ressaltou que esses casos são “poucos” dentro do conglomerado.
Na área de receitas de tarifas, ele voltou a citar o potencial da parceria com o UBS para banco de investimentos, citou oportunidades de cross selling no agronegócio e também disse há bastante terreno para crescer em seguros e previdência. Brandão afirmou que gostaria que sua gestão à frente do BB fosse marcada por aumento da rentabilidade, com ganho de eficiência e foco em melhorar a experiência do cliente.


Source link

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

whatsapp
Eu sou o Dr. Philipe Cardoso CLICK AQUI E ME DIGA COMO POSSO AJUDAR!
NA REDE