a
Philipe Cardoso Sociedade Individual de Advocacia
CNPJ. 24.723.912/0001-50

Facebook

Twitter

Cardoso & Advogados Associados 2020
Todos os direitos reservados.

9:00 - 18:00

Funcionamento Seg. - Sex.

(21) 3189-6625

(21) 9.8189-6625

WhatsApp

LinkedIn

Facebook

Instagram

Search
Menu
 

Justiça exige parecer sobre eleição de representante de funcionários do BNDES

Cardoso & Advogados Associados > Blog Cadv  > Artigos Jurídicos  > Legislação  > Justiça exige parecer sobre eleição de representante de funcionários do BNDES

Justiça exige parecer sobre eleição de representante de funcionários do BNDES



Eleição de Arthur Koblitz ao conselho do banco ocorreu há mais de dois meses, sem nomeação O juiz Fabio Tenenblat, da 3ª Vara Federal do Rio de Janeiro, determinou na sexta-feira que o Comitê de Elegibilidade do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) emita, em até 72 horas, um parecer final sobre a eleição de Arthur Koblitz para a vaga de representante dos funcionários no Conselho de Administração do BNDES.
Na decisão, o juiz ressalta que a manifestação do comitê deve acontecer independentemente de parecer da Controladoria-Geral da União (CGU).

Leo Pinheiro/Valor
“Em que pese a louvável iniciativa do Comitê de Elegibilidade de consultar formalmente a CGU acerca da existência ou não de conflito de interesses para que o autor tome posse no cargo para o qual foi eleito, resta evidente que tal consulta não tem efeito suspensivo e, portanto, não deve obstar o prosseguimento do processo de investidura do conselheiro eleito em seu cargo. Vale ressaltar, também, que a consulta à CGU, aparentemente, não ocorreu por ocasião de nomeações anteriores, o que evidencia ainda mais a desnecessidade e o equívoco de se aguardar a resposta”, afirma.
Na petição feita por Koblitz ao Judiciário, ele lembra que a apuração dos votos da eleição já ocorreu há mais de dois meses e a divulgação do resultado, há mais de 30 dias, e que até o momento não houve nomeação dele para o posto. Koblitz é presidente da Associação de Funcionários do BNDES (AFBNDES).
Na decisão, o magistrado também determinou que o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, deverá, na hipótese de manifestação positiva do Comitê de Elegibilidade, também em 72 horas, proceder aos trâmites necessários para a nomeação e posse de Koblitz no cargo, inclusive convocando assembleia extraordinária, se necessário.
Procurado pela reportagem, o BNDES não se manifestou até o momento.


Source link

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

whatsapp
Eu sou o Dr. Philipe Cardoso CLICK AQUI E ME DIGA COMO POSSO AJUDAR!
NA REDE