a
Philipe Cardoso Sociedade Individual de Advocacia
CNPJ. 24.723.912/0001-50

Facebook

Twitter

Cardoso & Advogados Associados 2020
Todos os direitos reservados.

9:00 - 18:00

Funcionamento Seg. - Sex.

(21) 3189-6625

(21) 9.8189-6625

WhatsApp

LinkedIn

Facebook

Instagram

Search
Menu
 

Problemas logísticos atrasam entrega de vacinas destinadas ao Rio de Janeiro

Cardoso & Advogados Associados > Blog Cadv  > Artigos Jurídicos  > Legislação  > Problemas logísticos atrasam entrega de vacinas destinadas ao Rio de Janeiro

Problemas logísticos atrasam entrega de vacinas destinadas ao Rio de Janeiro



Sem aeronave da FAB, Cláudio Castro tenta agora fretar dois aviões de carreira das companhias aéreas Gol e Azul, mas enfrenta dificuldades
Divulgação/Governo do RJ/Arquivo
A carga de 487,5 mil vacinas contra covid-19 destinadas ao Estado do Rio de Janeiro tiveram a entrega atrasada por problemas logísticos em São Paulo, local de origem.

Assessores do governador em exercício, Cláudio Castro, informaram que, sem previsão de avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para o traslado, o governo estadual tenta agora fretar dois aviões de carreira das companhias aéreas Gol e Azul, mas enfrenta dificuldades.

Antes com entrega prevista para as 13h no Aeroporto Internacional do Galeão, a carga pode não chegar a tempo da vacinação simbólica prevista para as 17h, no Cristo Redentor. Segundo assessores do governo, não há garantias da chegada do imunizante no Estado até o fim da tarde. Procurada, a prefeitura do Rio de Janeiro informou que, até o momento, o evento no Cristo Redentor às 17h está confirmado.

Devido ao contratempo, Castro cancelou entrevista que daria em seu desembarque no Rio. Ele passou a manhã em São Paulo, na cerimônia de início da distribuição da vacina organizada pelo Ministério da Saúde.

O Valor questionou assessores sobre o fato de haver questões não esclarecidas como o número de doses a serem entregues inferior à expectativa do Palácio Guanabara e a necessidade de uma adaptação do plano de vacinação na primeira etapa da campanha. Mais cedo, Castro dissera que esperava receber em torno de 590 mil doses, mas o Rio receberá apenas 487,5 mil vacinas nesta primeira leva.

A rigor, essa reorientação sobre o grupo prioritário independe da chegada da vacina, mas o governador preferiu não dar explicações. Segundo seus assessores, ele está envolvido na busca por uma solução para o frete e, por isso, não teve tempo de falar com jornalistas.

O número de doses inicialmente aguardado já era insuficiente para a primeira etapa, visto que o Rio tem uma população de 1,3 milhão de pessoas com prioridade no primeiro momento, entre profissionais de Saúde, idosos com mais de 75 anos, além de indígenas e quilombolas. Com uma quantidade ainda menor, novos cortes terão de ser feitos no público-alvo.

Fontes próximas às discussões dão conta de que o primeiro lote de vacinas, que deve chegar ainda hoje, deverá ser reservado para profissionais de saúde necessariamente na linha de frente e idosos e deficientes internados em casas de repouso. A previsão, no entanto, não foi confirmada pelos assessores. A expectativa é de que essas informações sejam finalmente passadas na vacinação simbólica prevista para o fim da tarde.

O governo informou ao Valor que os aviões da FAB servirão apenas para o transporte de vacinas a Estados distantes de São Paulo. Os demais devem ser atendidos por voos de linha aérea. É o caso do Rio de Janeiro.

Quando chegar ao Rio, toda a carga será levada para um centro de distribuição na cidade vizinha de Niterói, de onde seguirá para todos os municípios de forma isonômica.

Na manhã de hoje, o secretário de governo do Rio, Nicola Miccione, garantiu que nenhuma cidade receberá vacinas antes das outras, nem mesmo a capital, onde os aviões carregados vão aterrissar. Miccione participou de cerimônia no Palácio Guanabara para anunciar que, quando houver vacina, haverá aplicação em supermercados e estacionamentos de shoppings da cidade.


Source link

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

whatsapp
Eu sou o Dr. Philipe Cardoso CLICK AQUI E ME DIGA COMO POSSO AJUDAR!
NA REDE